drogas-bahia-bc-pc

Entre a última sexta-feira (20) e a segunda-feira (23), as forças de segurança, incluindo as polícias Militar, Civil e Federal, realizaram uma série de operações bem-sucedidas que culminaram na prisão de pelo menos 68 suspeitos envolvidos em crimes como tráfico de drogas, homicídios e roubos. Além disso, durante esse período, mais de uma tonelada de drogas foi apreendida, juntamente com R$ 500 mil em dinheiro, R$ 170 mil em cheques e 44 armas de fogo. O balanço abrangente divulgado nesta terça-feira (24) pelo G1 revela que, durante essas operações, pelo menos quatro confrontos resultaram em fatalidades, incluindo a morte de um suspeito em confronto com as forças policiais e um investigador que foi alvejado por tiros, mas felizmente sobreviveu após receber tratamento médico e alta hospitalar. No total, as apreensões de entorpecentes somaram aproximadamente uma tonelada e quase 100 quilos, incluindo maconha, crack, cocaína, haxixe e ecstasy. Se somarmos essas apreensões ao total de drogas confiscadas pelas polícias da Bahia entre janeiro e outubro, chega-se a quase nove toneladas de substâncias entorpecentes retiradas de circulação. O ponto alto das operações ocorreu na segunda-feira, quando as autoridades encontraram um verdadeiro bunker de drogas na cidade de Candeias, na região metropolitana de Salvador, onde apreenderam uma meia tonelada de entorpecentes. Nessa operação, quatro pessoas foram presas, incluindo duas mulheres. Durante o período do balanço divulgado pelo G1, um total de 55 prisões foram efetuadas na sexta-feira, abrangendo diversas cidades, como Carinhanha, Jaborandi, Serrinha, Euclides da Cunha, Brumado, Camaçari e Salvador. Segundo informações da Polícia Militar, 12 dessas prisões foram decorrentes de mandados de prisão, enquanto as outras 43 ocorreram em flagrante delito.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.