prefeito-de-tanhacu

O prefeito João Francisco (PP), do município de Tanhaçu, Sudoeste da Bahia, enfrenta acusações de gravar conversas com vereadores de sua própria base aliada. Essa alegação provocou o rompimento de alguns aliados com o prefeito. O vereador Miguel Silva Aguiar (PP), também conhecido como Miguel de Deca, revelou a suspeita durante uma reunião, afirmando que o prefeito teria proposto ações em troca da aprovação de remanejamento orçamentário. “Ele insistiu em fazer propostas absurdas, e nós desconfiamos”, relatou Aguiar. Segundo o vereador, a descoberta foi feita quando ele encontrou um celular gravando a conversa durante uma ida ao banheiro. “Tinha 2 horas, 48 minutos e 26 segundos de gravação”, disse Aguiar. Ao ser confrontado, o prefeito teria excluído o conteúdo do aparelho e pedido desculpas. A situação deixou os envolvidos se sentindo coagidos, marcando uma primeira vez no município. “Felizmente, fomos sábios e descobrimos”, comentou o vereador. Após o incidente, a base aliada se desintegrou, restando apenas um vereador em apoio ao prefeito João Francisco. Até o momento, não houve um posicionamento oficial do prefeito acerca das acusações.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.