dengue-bahia-epid

Ainda no primeiro trimestre do ano, a Bahia já registra 17 óbitos por dengue. A décima sétima morte foi em Campo Formoso, no Centro-Norte baiano, sendo a primeira perda devido à doença no município. A informação foi divulgada pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). Os óbitos foram em: Jacaraci (4), Piripá (3), Vitória da Conquista (3), Barra do Choça (1), Campo Formoso (1), Feira de Santana (1), Ibiassucê (1), Irecê (1), Santo Antônio de Jesus (1), Santo Estêvão (1). Em 2024, foram registrados dois óbitos por Chikungunya, nos municípios de Teixeira de Freitas e Ipiaú. Nenhum óbito por Zika foi confirmado. De acordo com os dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) da Sesab, 272 municípios da Bahia estão em estado de epidemia de Dengue. Outros 34 estão em risco e 7 em alerta. São 62.478 casos prováveis da doença até o dia 16 de março de 2024. No mesmo período de 2023, foram notificados 12.479 casos prováveis, o que representa um incremento de 400,7%. Também, em 2024, até o dia 16 de fevereiro, foram notificados 5.186 casos prováveis de Chikungunya no estado. Já os casos prováveis de Zika são 654.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.