piloto-sepultado-pernambuco

O piloto de 52 anos, vítima da queda de um avião na Bahia na última semana, foi sepultado neste domingo (17) na cidade de Caruaru, no sertão de Pernambuco. A cerimônia, realizada no cemitério Parque dos Arcos, contou com a presença de amigos e familiares de Jairo Souza, em meio a uma comoção intensa. O corpo do piloto chegou a Pernambuco no sábado (16) e foi velado no hangar que Jairo era proprietário, localizado no Aeroporto Oscar Laranjeira, em Caruaru. Após o velório, o corpo foi conduzido para o enterro. O acidente ocorreu na quinta-feira (14) na cidade de São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O piloto estava sozinho na aeronave e morreu carbonizado no incêndio que se seguiu à queda. Segundo relatos do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM-BA), cinco viaturas atuaram na ocorrência, controlando o fogo e realizando a remoção do corpo do piloto, que foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Santo Amaro, no Recôncavo da Bahia, para perícia. As circunstâncias exatas do acidente ainda não foram determinadas. Testemunhas informaram que a aeronave perdeu altitude, chocando-se com o solo e incendiando-se em seguida. Inicialmente, sabe-se que o avião bimotor, modelo Sêneca PT-REY, partiu de Caruaru, em Pernambuco, com destino a Guanambi, no sudoeste da Bahia. A aeronave foi recentemente adquirida por empresários, e o piloto estava realizando o transporte da mesma quando ocorreu o acidente, conforme confirmado pela Prefeitura de Guanambi. As investigações sobre a queda estão sob responsabilidade da Aeronáutica, que iniciou os procedimentos de apuração na quinta-feira. Os investigadores do Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA II) estiveram no local para dar início às diligências, com o objetivo de identificar as causas do ocorrido.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.