mario-cristo-ressucitado

Nos últimos oito dias, desde o início das chuvas em 21 de janeiro, a Defesa Civil de Vitória da Conquista contabilizou um acumulado médio de 299,25 milímetros de precipitação. De acordo com o boletim atualizado às 7h desta segunda-feira (29), as áreas mais impactadas foram Bruno Bacelar e Bateias, com 354,32 mm e 348 mm, respectivamente. Nas últimas 72 horas, a média de chuva foi de 95,65 mm. A população deve permanecer atenta, pois a zona rural continua com o alerta laranja para chuvas intensas até esta terça-feira (30), enquanto a sede mantém o alerta amarelo. O Inmet destaca que o alerta laranja indica chuvas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, com ventos intensos (60-100 km/h), enquanto o alerta amarelo aponta para chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, também com ventos intensos (40-60 km/h). Ambos os alertas apresentam risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas. A Defesa Civil, que recebeu 301 ocorrências desde o início das chuvas, mantém-se alerta para as possibilidades de chuvas, monitorando diversos pontos na sede e no interior do município. Em caso de situações de risco, a população pode acionar a Defesa Civil pelos telefones 199 ou o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.