anuncioncontrata

Na manhã desta quinta-feira (25), uma empresa do município de Caetité, Sudoeste baiano, chocou a comunidade ao publicar uma vaga de emprego com requisitos que violam claramente princípios éticos e legais. A empresa apagou a publicação, mas o tempo foi suficiente movimentar as redes sociais. A vaga para atendente feminina, postada na loja localizada na Praça do Mercado, especifica pré-requisitos discriminatórios, gerando indignação entre internautas. A vaga, que exigia que a “candidata fosse solteira, sem filhos e de pele branca, além de ser gentil e dócil”, causou revolta instantânea na cidade. Moradores expressaram sua indignação nas redes sociais, repudiando a atitude da loja destacando incompatibilidade dos requisitos com os valores de igualdade e respeito. Em diversos grupos de WhatsApp a sociedade civil se manifesta contra a atitude discriminatória.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.