pix-automatico-bc

O Banco Central informou que o Pix automático, que permite pagamentos recorrentes e mesadas, estará disponível a partir de 28 de outubro de 2024. As regras para o funcionamento da ferramenta foram divulgadas cerca de dez meses antes de sua implementação. O Pix automático permitirá pagamentos recorrentes e mensais, semelhante ao débito automático, mas com a vantagem de não cobrar tarifas para pessoas físicas. A oferta do serviço será obrigatória para clientes pessoas físicas, enquanto as empresas terão a opção de oferecer o produto. As instituições financeiras que não se adaptarem até a data de lançamento ou não passarem nos testes de homologação serão multadas por dia de atraso e podem enfrentar outras penalidades. A ferramenta será utilizada em serviços públicos, assinaturas, mensalidades, serviços financeiros, entre outros. Cada produto terá um limite de valor, mas o limite diário será igual ao da transferência eletrônica disponível (TED). O Pix automático poderá ser usado em transações entre pessoas físicas, como mesadas, doações, aluguel entre pessoas e prestação de serviços recorrentes. O cancelamento poderá ser feito até o final do dia da transação, e a autorização para a transferência automática poderá ser retirada a qualquer momento.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.