morte-jovem-de-santo-macarani

Na noite de segunda-feira (20), João Paulo Souza Santos, de 22 anos, foi vítima de homicídio a tiros dentro de um terreiro de candomblé no centro de Macarani, por volta das 19h50. O crime foi cometido por dois homens, sendo que um entrou no local e atirou contra a vítima, enquanto o segundo permaneceu do lado de fora. Os criminosos fugiram a pé. Apesar do acionamento do Samu 192, João Paulo não resistiu aos ferimentos e veio a óbito antes de receber atendimento médico. As polícias Militar, Civil e Técnica conduziram as investigações, e o corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) em Itapetinga. Após o crime, as autoridades iniciaram uma investigação intensiva, analisando imediatamente imagens de câmeras de segurança em diversos pontos da cidade. Essa análise revelou o trajeto dos suspeitos desde a ação até a passagem pela avenida Camilo de Jesus Lima. Os responsáveis pelo crime foram identificados como M. D. V. D e K. Em uma busca contínua, a equipe da polícia civil localizou M. D. V. em sua residência no bairro Benito Gama, onde efetuou sua prisão em flagrante. Durante as investigações, também foi apreendida a jaqueta preta que ele abandonou próximo ao bar de Véi. Paralelamente, na cidade de Itapetinga, foi apreendido o adolescente. Continuando as investigações do homicídio, M. D. V. informou que a arma do crime estaria em uma residência próxima à delegacia, pertencente a um traficante conhecido como A. S. C, integrante do PCC. Que já teria sido preso em posse de drogas, balança de precisão, um celular Samsung e um tablet, sendo autuado por tráfico de drogas, associação para o tráfico e participação no homicídio, por guardar a arma utilizada no crime, que até então não havia sido localizada. 

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.