procon-feira-de-santana-tea

A Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-BA), vinculada à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) da Bahia, notificou na sexta-feira (17) a loja Riachuelo S/A, localizada no Boulevard Shopping em Feira de Santana. A ação visa obter esclarecimentos sobre uma denúncia de discriminação ocorrida durante o atendimento prioritário a uma criança com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A notificação foi motivada após a viralização de um vídeo nas redes sociais, no qual a mãe da criança com TEA relatava o atendimento discriminatório recebido na loja. Um segundo vídeo, em que a operadora de caixa da loja apresentava sua versão dos fatos, também repercutiu amplamente. Além da notificação do Procon-BA, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, por meio da Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef) e do Fórum de Combate à Violência contra Pessoas com Deficiência, está tomando medidas adicionais no acompanhamento do caso. A situação também está sendo discutida com o Ministério Público, a Defensoria Pública do Estado e a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes contra a Criança e o Adolescente. O incidente está sendo investigado como um possível crime de capacitismo. A Ouvidoria da SJDH já encaminhou o caso para a Secretaria de Segurança Pública (SSP) da Bahia para as devidas providências na esfera judicial.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.