IMG_4926

Jessika Mackenzie, de 35 anos, morreu após ser atropelada na noite desta quarta-feira (15) na Avenida Manoel Chaves, em Itabuna. O atropelamento foi causado por um Fiat Idea preto, de placa não identificada. Testemunhas relataram que o veículo estava em alta velocidade no momento do acidente. Jessika, que trabalhava como promotora de vendas e morava no Núcleo Habitacional de Ceplac, foi atingida enquanto atravessava a rua na faixa de pedestres. Imagens de câmeras de segurança mostram que ela estava quase concluindo a travessia quando o veículo a atingiu. Com o impacto do atropelamento, Jessika foi arremessada violentamente, caindo a metros de distância. Pessoas que passavam pelo local tentaram prestar socorro, e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) foi acionada. No entanto, Jessika já estava sem vida quando o Samu chegou. Uma viatura da Polícia Militar foi enviada ao local para aguardar a chegada do Departamento de Polícia Técnica, que realizou a perícia e removeu o corpo para o Instituto Médico Legal. A Delegacia Territorial de Itabuna está investigando o caso, e a polícia está utilizando imagens de segurança para tentar identificar o motorista do veículo, que fugiu sem prestar socorro. Viaturas da PM estão em busca do veículo envolvido no acidente.

Play Video

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.