IMG_4732

Thiago Servo, conhecido por sua parceria musical com Thaeme, ingressou com uma ação indenizatória após a Justiça determinar que ele não é o pai biológico de uma criança a quem pagou mais de R$ 1 milhão em pensão alimentícia. A ação foi confirmada pelo advogado do artista, Otávio Gomes Figueiró, que explicou a situação via redes sociais. Após sete anos enfrentando batalhas judiciais e até prisão por inadimplência de pensão, o cantor busca reparação financeira e moral. O caso ganhou contornos dramáticos quando um teste de DNA, exigido pela Justiça, confirmou que Thiago não era o pai da menina, atualmente com dez anos. A mãe da criança, segundo relatos, teria se ausentado do exame por três vezes, o que levou o juiz a remover o nome do sertanejo da certidão de nascimento da menina. O caso vem após Thiago Servo conquistar o reality show A Grande Conquista, onde expressou intenção de não utilizar o prêmio para quitar débitos judiciais, uma decisão que resultou na penhora do valor pela Justiça. O músico mantém uma postura otimista frente aos desafios legais, confiante na obtenção de um desfecho favorável para recuperar os valores pagos e compensação pelos danos sofridos.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.