mulher-morta-a-facadas-ilheus

Jocélia Mendes de Melo, de 43 anos, foi vítima de feminicídio na noite desta quinta-feira (9) em Ilhéus. A mulher foi encontrada morta em sua residência com ferimentos provocados por faca. A polícia suspeita do ex-companheiro de Jocélia como autor do crime, principalmente devido a mensagens ameaçadoras encontradas escritas nas paredes da casa da vítima. As ameaças faziam referência a uma traição e exigiam que Jocélia se reconciliasse com o marido sob pena de violência, citando um prazo para que ela retomasse a relação. Quando a Polícia Militar chegou ao local do crime, Jocélia já estava sem vida. O corpo foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) para os procedimentos necessários. O ex-companheiro de Jocélia, cuja identidade não foi divulgada, já tinha antecedentes por infração à Lei Maria da Penha e por descumprimento de medida protetiva. As investigações estão em andamento para esclarecer a autoria e a motivação do crime.

Confira as últimas notícias

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.