duas-contas-whatsapp

O aplicativo de mensagens da Meta, WhatsApp, revelou uma aguardada funcionalidade que permite aos usuários utilizar duas contas simultaneamente em um único dispositivo Android. A novidade é particularmente útil para aqueles que mantêm números pessoais e profissionais registrados na plataforma, eliminando a necessidade de recorrer a aplicativos de terceiros para gerenciar ambas as contas. De acordo com a empresa, essa atualização facilita a vida dos usuários, eliminando a necessidade de desconectar repetidamente, utilizar dois telefones diferentes ou preocupar-se em enviar mensagens pela conta errada. Inicialmente, a função será disponibilizada apenas para dispositivos Android, com um lançamento gradual para todos os usuários ao longo das próximas semanas e meses. Vinícius Vicente Alves Terçariol, Diretor de Tecnologia da DT Network, destaca que essa novidade oferece a possibilidade de utilizar uma conta separada para campanhas de marketing e promoções, permitindo que as empresas se comuniquem diretamente com os clientes sem misturar com comunicações pessoais. Para configurar uma segunda conta, os usuários precisarão de um segundo número de telefone e um cartão SIM ou um telefone compatível com multi-SIM ou eSIM. O processo envolve acessar as configurações do WhatsApp, clicar na seta ao lado do nome e selecionar a opção ‘Adicionar conta’. É importante notar que as configurações de privacidade e notificação de cada conta podem ser gerenciadas de forma independente. Esta funcionalidade, que estava em fase de teste na versão beta do WhatsApp Business, oferece uma solução integrada para usuários que desejam separar a comunicação pessoal e profissional em um mesmo dispositivo Android. A capacidade de gerenciar duas contas simultaneamente pode trazer benefícios, como reduzir a probabilidade de compartilhamento acidental de informações sensíveis e facilitar a análise de dados de atendimento, contribuindo para melhorar a qualidade do serviço ao longo do tempo.

gasolina-blog-conquista-2

O preço da gasolina caiu pela décima semana consecutiva nos postos espalhados pelo Brasil, segundo informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), nesta segunda-feira, (6). De acordo com o levantamento, referente à semana de 29 de outubro a 4 de novembro, a média do litro ficou em R$ 5,65, um recuo de 0,71% em comparação aos R$ 5,69 da última semana. O preço máximo da gasolina encontrada pela ANP nos postos foi de R$ 7,59. Além disso, a agência registrou uma queda de 0,28% no valor do etanol, que passou de R$ 3,57 para R$ 3,56. O preço mais alto encontrado foi de R$ 6,60 por litro. Já a média do litro do diesel permanece estável em R$ 6,13. O valor mais alto encontrado foi R$ 7,95.

th

Um homem morreu após dois carros baterem de frente na BR-101, na região de São José da Vitória, no sul da Bahia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu na segunda-feira (6). A vítima foi identificada como Danilo Oliveira de Figueiredo, de 34 anos. O dele ficou preso entre as ferragens do automóvel, foi resgatado e levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna, cidade que também fica no sul do estado, para ser necropsiado. Não há informações sobre o sepultamento dele. O carro de Danilo ficou totalmente destruído após a batida. Ele estava ao volante, quando a colisão aconteceu, mas ainda não se sabe o que provocou o acidente. Segundo a PRF, a situação pode ter sido causada pela pista molhada devido às chuvas que atingem a região.

policia-militar-bahia

A Polícia Militar identificou e prendeu o fugitivo Orlando Cruz Souza, de 45 anos, nesta quinta-feira, 2. Ele estava preso em Eunápolis, no Sul da Bahia, antes de fugir e ser localizado em um bar no povoado de Itaporanga, zona rural de Porto Seguro.  De acordo com a Polícia Civil, o suspeito fugiu do Conjunto Penal de Eunápolis na madrugada do dia 29 de outubro. O homem foi recapturado e apresentado na Delegacia Territorial da cidade. Ainda não há informações sobre quando ele será levado novamente para Eunápolis.

enem-2023

As primeiras provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão realizadas neste domingo (5), em todo o país. Além de estar com os estudos em dia, os candidatos devem prestar atenção às exigências e às proibições estabelecidas pelo edital para não correr o risco de ser eliminado no dia da prova. É obrigatório levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, e documento de identificação válido, físico ou digital. Também é aconselhável levar o cartão de confirmação de inscrição. Se o candidato precisar justificar sua presença no exame, ele deve levar impressa a declaração de comparecimento, que será assinada pelo aplicador do exame. A declaração está disponível na Página do Participante. Entre os documentos de identificação válidos estão cédulas de Identidade, identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, Carteira de Registro Nacional Migratório, documento provisório de Registro Nacional Migratório, identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que, por lei, tenham validade como documento de identidade, passaporte e Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho e Previdência Social emitida após 27 de janeiro de 1997. Também são aceitos os documentos digitais e-Título, Carteira Nacional de Habilitação Digital e RG Digital, desde que apresentados nos respectivos aplicativos oficiais. Capturas de telas não serão aceitas. O Enem 2023 será aplicado nos dias 5 e 12 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes fazem as questões de linguagens e códigos, ciências humanas e redação. No segundo dia, as provas são de ciências da natureza e matemática. Nos dois dias, a abertura dos portões será às 12h e o fechamento, às 13h, pelo horário de Brasília. É proibida a entrada do participante após o fechamento dos portões. O início da prova está marcado para as 13h30 nos dois dias de prova, mas o horário de encerramento é diferente: no dia 5 de novembro, as provas terminam às 19h e no dia 12 de novembro, às 18h30.

elizangela_do_amaral_vergueiro-bc

A atriz Elizângela do Amaral Vergueiro, conhecida apenas como Elizângela, morreu nesta sexta-feira (3), aos 68 anos de idade. Segundo informou a Prefeitura de Guapimirim (RJ), a atriz foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e deu entrada no Hospital Municipal José Rabello de Mello com parada cardiorrespiratória. Apesar da tentativa de reanimação tanto no translado quanto na unidade, ela não resistiu. “A Prefeitura Municipal de Guapimirim lamenta a morte da consagrada atriz. Esta é a segunda vez que o sistema de saúde do município atendeu Elizangela. Na primeira, Elizangela deu entrada na unidade com graves problemas respiratórios, e depois de algumas semanas, teve alta da unidade”, registra nota divulgada pelo município. A outra internação da atriz havia ocorrido em 2022, em decorrência de sequelas respiratórias causadas pela covid-19. Elizângela manifestava publicamente sua posição contrária a vacinação, cujos benefícios são cientificamente comprovados. A atriz iniciou sua carreira aos 7 anos de idade na TV Excelsior, e 3 anos depois passou a apresentar o programa de auditório Essa Gente Inocente, que abria espaço para crianças apresentarem seus talentos. Ela participou de novelas de grande audiência produzidas pela Rede Globo, que a contratou em meados da década de 1960. Atuou, por exemplo, em Pecado Capital (1975), Jogo da Vida (1981), Roque Santeiro (1985), Pedra sobre Pedra (1992), O Clone(2002) e mais recentemente Força do Querer (2017) e A Dona do Pedaço (2019). Em 1978, ela gravou um disco intitulado Elizângela. Na época, a música Pertinho de Você, uma das faixas, passou a figurar entre as mais tocadas do Brasil. Elizângela teve ainda passagens pela TV Manchete e pela Rede Record. Atuou também em diversas peças teatrais e em alguns filmes. Sua estreia no cinema, o filme Quelé do Pajeú (1969), lhe rendeu o prêmio de Melhor Atriz Revelação no Festival de Cinema de Santos.

sara-mariano-fotos-mort4

Começaram a circular na internet nos últimos dias fotos que mostram os restos mortais carbonizados da cantora gospel Sara Mariano. A religiosa foi encontrada sem vida na última sexta-feira (27) e o ex-marido dela, Ederlan Mariano, está preso por suspeita de ter cometido o crime. Compartilhar ou armazenar fotos de pessoas mortas é crime de vilipêndio a cadáver. A pena prevista é de detenção de um a três anos, além de multa. Recentemente, o homem que vazou as fotos de Marília Mendonça no Instituto Médico Legal (IML) foi condenado a 10 anos de prisão. Nas imagens que foram divulgadas, o corpo de Sara aparece carbonizado em um matagal próximo a uma estrada que liga Salvador a Dias D’Ávila. O corpo ficou três dias no necrotério até ser oficialmente reconhecido pela irmã, Soraya. Antes, ainda no matagal, o marido Ederlan Mariano já apontara que os restos mortais eram de Sara. Ederlan está preso preventivamente. Nesta terça-feira (31), o suspeito de feminicídio teve uma audiência com um juiz que confirmou a prisão temporária de 30 dias. Na saída, Ederlan chegou a ser agredido por populares revoltados com o crime.

teste-covid-sesab

Dados divulgados pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, apontam crescimento nos casos de Covid-19. O levantamento traz uma alerta, pois somente na última semana, 645 novos casos foram registrados. Os dados foram coletados na última semana do mês de outubro e representam um aumento de 131,2% em relação à semana anterior, quando foram registrados 279 casos. Ainda de acordo com o Alerta Epidemiológico, nas últimas três semanas houve um aumento expressivo no número de casos novos confirmados e ativos. A Bahia registrou uma média de 25 casos por dia, entre as semanas de 30/07 a 02/09. No entanto, no período de 24/09 a 28/10, foi registrado uma média de 45 casos por dia. Na variação média de casos novos nos últimos 15 dias, até o dia 27 de outubro, há um aumento de 335,8%. Segundo a Vigilância Epidemiológica, essa análise da variação média é importante para evitar a interferência de situações pontuais nos dados, como o feriado do dia 12/10, já que muitos municípios decretaram ponto facultativo no dia 13/10. Isso representa um intervalo de 04 dias não úteis, ou seja, sem envio de informações. No mês de outubro, ocorreram 5 mortes por COVID-19 e 10 casos foram notificados de períodos anteriores.

motorista-macaco-hidraulico

Um motorista de 53 anos morreu neste domingo (29) depois de ser esmagado por uma van, em Birigui (SP). Segundo o boletim de ocorrência, na última quinta-feira (26), José Walmir Pinati era servidor público e fazia manutenção do veículo da prefeitura quando o macaco hidráulico quebrou, no pátio do Centro Médico de Birigui Saúde. Ele estava embaixo da van e foi esmagado. A vítima foi socorrida e levada à Santa Casa de Birigui. Contudo, diante dos ferimentos, foi transferida para a Santa Casa de Araçatuba, onde permaneceu internada. Porém, o motorista do município não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã deste domingo. O caso foi registrado na Polícia Civil como morte acidental. A TV TEM entrou em contato com a Prefeitura de Birigui e aguarda posicionamento referente ao caso.

cafe-em-brumado

O Ministério Público Estadual (MP) ajuizou uma ação civil pública contra a empresa Café Catolés, devido a irregularidades identificadas na produção e comercialização de café na região de Brumado. Por meio de um pedido liminar, o órgão solicita que a empresa cesse a venda e fornecimento de café impróprio para consumo, mantendo a decisão até que a qualidade do produto seja comprovada. A iniciativa partiu do promotor de Justiça Alex Bacelar, responsável pela ação, após uma representação feita pela Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic). Segundo a Abic, foram detectados índices elevados de impurezas no café torrado e moído produzido pela Café Catolés. Um relatório elaborado pelo Instituto Técnico de Análises de Alimentos (ITAAL) revelou que o produto continha 8,8% de impurezas, como cascas e paus, em desacordo com as normas do Selo de Pureza Abic. Conforme a Instrução Normativa 16/2010, o limite máximo permitido de impurezas, sedimentos e matérias estranhas no café torrado em grão ou moído é de 1,0%, destacou o promotor. A ação visa garantir que o café comercializado esteja de acordo com os padrões de qualidade exigidos, protegendo assim, os consumidores de possíveis danos à saúde. A liminar busca interromper a comercialização do produto até que sejam atestadas suas condições de qualidade.

Usamos cookies para melhorar sua experiência em nosso site. Ao navegar, concorda com nossa Política de Privacidade.